A Empresa

A Equipa.

A Easy Outdoor, integra uma Equipa de colaboradores onde impera a jovialidade, criatividade, e uma decisiva proactividade, sob a liderança de um grupo de pessoas, algumas, com mais de 30 anos de experiência no sector da comunicação OOH, o que confere à Empresa a garantia de critérios de actuação com respeito pelas mais elevadas regras de ética comercial, cumprimento das leis do sector e uma assumida responsabilidade social, cumprindo assim um equilíbrio que se considera essencial para alcançar as metas de sucesso a que nos propomos.

O Compromisso.

É um facto que as Empresas de Publicidade, incluindo as de OOH, são responsáveis pela boa imagem de milhares de Marcas e Produtos sendo que, qualquer erro, ambiguidade ou comportamento errado se poderá reflectir na Imagem do Anunciante sem que este tenha, na maioria dos casos, qualquer responsabilidade.

O cumprimento de regras, boas práticas, comportamentos assertivos são o nosso compromisso para tornar cada cêntimo gasto em Publicidade Exterior num excelente investimento.

Porquê o OOH (out of home)

Porque estudos fidedignos comprovam que a Publicidade Exterior atinge níveis de eficácia muito interessantes justificando assim, plenamente, os investimentos realizados …

Porque foi o primeiro meio de promoção/publicidade utilizado pelo homem … http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R1572-1.pdf.

Porque, conforme foi noticiado na Meios & Publicidade de Janeiro de 2017 … A imprensa terá sido mesmo o único meio a sofrer quebra de investimento em Portugal. O meio com maior volume continua a ser, de longe, a televisão, que reforça essa posição ao passar dos 5,1 mil milhões de euros registados em 2015 para perto de 6,1 mil milhões em 2016. O outdoor, quarto meio em volume de investimento, fecha o ano com 354,5 milhões de euros (331 milhões em 2015), a rádio com 254 milhões (247,2 milhões em 2015) e o cinema com 28,8 milhões (27,3 milhões em 2015). No total, o investimento publicitário em Portugal (a preços de tabela) situou-se nos 7.978 milhões de euros, um crescimento de 15,8% face a 2015.